fbpx

6 frases que nunca devem ser ditas no trabalho

6 frases que nunca devem ser ditas no trabalho

19 de outubro de 2019 Blog Carreira e projeto de vida 0
people having conversation meeting 23 2148222534 - 6 frases que nunca devem ser ditas no trabalho

Suas palavras falam muito sobre o que você pensa e sobre seus valores. Em cada julgamento, sugestão e intenção verbalizada, revelamos muito sobre nós, pois estas frases carregam em si nossa forma de ver o mundo.

Quando se fala de trabalho, os gestores devem estar atentos para que os valores da empresa sejam respeitados naturalmente pelos colaboradores. No seu caso, não é diferente. Contudo, para além das atribuições pessoais que cada empresa pede, há frases que revelam em nós caracteristicas que fazem parte da identidade de um profissional incompetente, independente da função ou organização. Algumas dessas frases são:

1) Não é minha responsabilidade

Nenhuma empresa pode contar com uma pessoa esquiva. Sempre que a corda aperta e a responsabilidade grita, ela é a primeira a dizer “não é minha responsabilidade” e tirar o corpo fora do jogo.

Tu9WZuF - 6 frases que nunca devem ser ditas no trabalho

Um(a) profissional competente sabe que o crescimento da empresa é benéfico para seu próprio crescimento e irá se doar a tal propósito.

Sugestão: Substitua essa frase por “O que posso fazer para ajudar?“. Vai ser difícil da primeira vez, mas cada vez mais vai facilitando. Em todas as tentativas você obterá, sem dúvida, algum aprendizado.

2) Sempre fizemos desse jeito

O profissional que diz isso decreta sentença de morte às novas ideias e coloca um ponto final no que ainda nem teve a chance de brotar.

Profissionais que não se colocam à disposição do fluxo de crescimento (que pressupõe desafios e novidades), enraízam suas bases e estagnam. Por consequência, a empresa perde em muito o ritmo e avanço também.

TatteredEvilBluejay small - 6 frases que nunca devem ser ditas no trabalho

Inovação, como diria Walter Longo, é mais uma questão de ótica do que de fibra ótica. Todo profissional, independente do setor, campo ou cargo, tem que promover essa visão à frente, desafiadora e eternamente em transformação.

Sugestão: Troque essa frase por “O que podemos fazer, nesse caso?” ou “Sempre é bom aprender uma nova forma de fazer algo”.

3) Não há nada que eu possa fazer…

Da mesma forma que o “não é minha responsabilidade”, a pessoa do “não há nada que eu possa fazer” tira o corpo fora da situação. Porém, além de não se comprometer, o(a) profissional da vez mostra que não vê perspectivas de resolução, colocando um muro no meio do caminho até ela.

Sugestão: Substitua essa frase por “O que posso fazer?”.

4) Me dá só uns minutinhos…

Quando não colocamos prazos nas nossas atribuições, não conseguimos nos programar para executá-las e derrubamos. Sem prazos, toda atividade é pra depois.

Além disso, o prazo é uma declaração e compromisso. Quando o damos a alguém, afirmamos com ela que iremos cumprir com o que foi acordado. Fica mais fácil para você gerenciar seu compromisso frente a outros e para o outro(a) acompanhar seu progresso. Bacana, né?

Sugestão: Troque essa frase por “Eu farei isso até (prazo claro)“.

5) Eu achei que…

Achismos não são úteis. Não cumprem função informativa alguma e nem validam dados. Como consequência, imprimem sobre nós a ideia de que não sabemos do que estamos falando.

Minha mãe me ensinou: se não tem certeza do que está falando, não fale. Esse conselho dela é ainda mais importante no ambiente profissional. Contribuições legítimas e bem fundamentadas são imprescindíveis para o crescimento da organização e melhoria da nossa imagem profissional. Frases como “eu achei/acho que…” não contribuem para nenhum destes objetivos.

Sugestão: Troque essa frase por afirmações claras e embasadas em fatos e dados, e não em opiniões ou achismos.

6) Não tive tempo

Todo mundo tem 24h no dia. Quando se trata de tempo, a diferença entre eu, você e alguém que trabalha, estuda e cuida de 2 filhos é nossa capacidade de gerí-lo a ponto de dar conta de nossas prioridades.

Se reclamo que não tenho tempo para ter 50 minutos diários de atividade física, mas tenho 3h por dia para navegar no Instagram, qual a questão em pauta? Prioridades. Da mesma forma para as 8h de sono que julgamos não ter tempo para ter, mas que são diluídas por outras atividades que tomam o restante de tempo necessário.

Uma pessoa em condições socioeconômicas desfavoráveis tem menor mobilidade de prioridades, pois sua subsistência está em jogo. Muitas vezes não há viabilidade na escolha de largar um trabalho a 3h de distância de casa porque é a única saída hoje. E isso também é sobre prioridade.

Refletindo dessa forma, frases como “não tive tempo” caem por terra. Profissionais competentes devem ter a capacidade de discernir sobre o que é importante, a nível macro, meso e micro. O que preciso fazer primeiro? A quê devo destinar minhas 24h diárias? O que merece mais meu investimento pessoal?

Sugestão: Substitua essa frase por “Não dei prioridade a isso, mas o resolverem esta questão até (prazo)”.

Por que essas frases não devem ser ditas?

Poderia dar vários motivos, mas dois são mais graves: 1) O que você fala diz muito sobre você; e, 2) quanto mais você fala algo, mais enraizado fica em sua forma de ver o mundo.

O que dizemos vem de uma cadeia de processos que partem do nosso modelo mental. Se eu acredito veementemente em algo, pensarei sobre, sentirei de forma coerente a essa crença e agirei conforme ela me aponta. Contudo, o ciclo vicioso pode ser quebrado a partir da identificação do que tem feito parte do nosso modelo mental e a reprogramação dele. Mudar o que dizemos é um primeiro passo importante.

Comente usando o Facebook

 

Deixe uma resposta