fbpx

Desejo, intenção, meta e visão: como usar isso para realizar mais

Desejo, intenção, meta e visão: como usar isso para realizar mais

6 de julho de 2019 Blog Produtividade 0
90 - Desejo, intenção, meta e visão: como usar isso para realizar mais

Você é daqueles(as) que vive dizendo “eu quero ____” mas sente que não consegue trazer nada disso para a realidade? Talvez você não esteja entendendo a qualidade do seu objetivo e acredite que esteja a caminho de pôr a meta para a ação. Por mais que muitas vezes pareçamos determinados a algo, não efetivamos o que almejamos do problema está em como lida com seu alvo. Qual a diferença entre desejo, intenção, meta e visão e como saber isso pode me ajudar a ser mais realizador(a)?

Desejo

É aquele “eu quero” que ainda não saiu do campo afetivo. O desejo é a faísca difusa que nos incendeia para alguma conquista, mas ainda está a muitos degraus de distância da realização de fato. Apesar desta distância, sua importância é crucial para atingirmos nossos objetivos, pois é necessário saber exatamente o que queremos. Como assim? Às vezes sua ambição não é arrumar um emprego, e sim obter uma fonte de renda e realização pessoal. O emprego é uma das formas de realizar esse desejo, que também pode ser substituída por um negócio próprio ou um concurso público. Entende? Seu desejo é ter uma fonte de renda e se realizar com o que faz, não necessariamente “bater ponto” todo dia. Sem desejos, apenas sobrevivemos.

Intenção

É o que você quer fazer. A intenção é aquela vontade de ação ainda não materializada, que decorre do desejo. É o que acontece, por exemplo, quando você deseja emagrecer 4kg e tem a intenção de fazer exercícios, mas ainda não sabe quando, como e nem onde. A incerteza é a principal qualidade da intenção, mas sem ela o desejo é somente uma abstração.

Meta

A meta concretiza mais às coisas, à medida que é a definição do que o desejo apontou e a intenção provocou. No exemplo dado acima, a meta seria “correr 5km na rua 2x por dia e diariamente cumprir uma dieta saudável sob orientação nutricional”. Entende como a coisa muda de figura? A meta ainda não é a ação, mas é o que dispara a ação consistente e disciplinada. É fundamental para o sucesso de seu objetivo. Sem ela, a intenção é somente um “talvez“.

>> Clique aqui para ler sobre como criar metas SMART <<

Visão

A visão é a capacidade de visualizar a efetivação dos resultados da meta. Ela é fundamental para aferirmos a compatibilidade das nossas metas com nossos desejos. Para entender essa visão basta responder perguntas similares a “Como você quer se enxergar daqui a 5 anos?”. O que você respondeu é coerente com os resultados que suas metas irão trazer?
Sem a visão, a meta é somente uma obrigação.

Defina com clareza cada um desses aspectos do que você deseja. Por que? Para se aproximar cada vez mais da realização de seus objetivos! Enquanto tratarmos nossas metas como desejos, viveremos angustiados pela falta de materialização de tudo isso que tanto nos incendeia. Enquanto não levarmos à sério nossos objetivos, eles serão APENAS SONHOS.

Entretanto, sempre há tempo de mudar o jogo e os resultados que você emplaca. Tudo começa pela percepção que temos sobre nossos objetivos. Desafio você a, ainda hoje, pegar um papel e definir precisamente cada uma dessas facetas do seu objetivo e não esperar

>> Série de vídeos sobre como construir metas SMART com excelência <<

Comente usando o Facebook

 

Deixe uma resposta